Depressão em Idosos

Não é difícil imaginar porque os idosos costumam apresentar quadros depressivos. Nessa fase da vida, as pessoas não só são confrontadas com a iminência da morte como também precisam lidar com mudanças em relação ao trabalho, ao próprio corpo e ao próprio cotidiano. Para agravar a situação, a sociedade ainda tem dificuldades para tratar o idoso de modo digno, havendo muitos casos de abandono e desrespeito.

Essa combinação de fatores pode causar distúrbios psíquicos como a depressão e a ansiedade.

Depressão em números

Estima-se que 15% dos idosos apresentam sintomas da depressão e 2% sofrem com a doença na forma grave. Esses números são ainda maiores quando observamos pessoas na terceira idade que estão institucionalizadas, ou seja, que vivem em abrigos e não com a família. Com o crescimento da população idosa em nosso país, esse problema adquire contornos ainda mais sérios.

Será que estamos tratando nossos idosos com o cuidado e o respeito que eles merecem?

Os sintomas da depressão em idosos

Antes de falar dos sintomas, é preciso deixar claro que a depressão é uma doença bastante grave, mas que tem tratamento. Ela se difere da simples tristeza que todos nós sentimos e de modo algum pode ser confundida com preguiça ou desânimo. No caso dos idosos, a manifestação da depressão apresenta os seguintes sinais:

  • Perda do apetite;
  • Apatia;
  • Dificuldade para dormir;
  • Desinteresse por atividades do cotidiano;
  • Hipocondria;
  • Desânimo;
  • Medo constante da morte;
  • Perdas cognitivas.
Depressão na Terceira Idade

Depressão na Terceira Idade

Com relação às perdas cognitivas, como episódios de esquecimento e confusão mental, é fundamental que um médico seja consultado para que seja feito o diagnóstico correto. O que muitas vezes se apresenta como depressão ou até mesmo como Alzheimer pode ser, na verdade, um quadro depressivo a ser tratado com medicação adequada.

É possível evitar a depressão na terceira idade?

Curiosamente, temos a cultura de acreditar que a tristeza faz parte da terceira idade. No entanto, essa etapa da vida pode ser muito prazerosa para o idoso. Por isso, é fundamental oferecer às pessoas idosas condições para que possam ter uma vida mais tranquila, em contato com pessoas queridas e realizando atividades agradáveis.

A possibilidade de viajar, conversar com outras pessoas, ler e ouvir música, dentre outras coisas, pode ser a chave para tornar a vida do idoso melhor, prevenindo a manifestação da depressão. No entanto, isso não impede que a doença apareça devido a outros fatores.

O Tratamento da Depressão

Em qualquer momento da vida, a depressão deve ser tratada por uma equipe de profissionais especializados. Um bom psicoterapeuta e um psiquiatra devem ser procurados para que possam fazer o diagnóstico e seguir com o melhor tratamento. Também é importante consultar um geriatra para sejam feitos exames para excluir outras possibilidade de enfermidades.

Com esse tratamento mais global, é possível controlar a depressão e trazer mais qualidade de vida para os idosos que sofrem com a doença.

Relacionados

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *