Como Fazer um Curativo

No cuidado com idosos, muitas vezes é necessária a feitura de curativos constantes, principalmente quando há presença de escaras. A melhor maneira de fazer o curativo em casa em seguindo as recomendações do médico que realizou o atendimento, porque existem diversas formas de limpar e cobrir a ferida. Em alguns casos, é necessário, por exemplo, aplicar pomadas e medicamentos sobre a ferida antes de tampá-la. Existem também situações em que cobrir o ferimento não é a melhor opção. Por isso, o mais recomendado é conversar antes com um especialista.

O que vamos ensinar hoje são os primeiros cuidados antes de ir até o hospital e como fazer um curativo para cortes superficiais.

Limpeza do Local

Limpar o local onde ocorreu o ferimento é o primeiro passo. Muita gente acha que precisamos usar materiais especiais, mas a melhor opção para limpeza é água e sabão. Para evitar contaminação por meio da ferida, quem for fazer a limpeza precisa, primeiro, lavar bem as mãos com água e sabão neutro antes de tocar no corte ou machucado. Se tiver em casa luvas de procedimento, elas também devem ser usadas.

O ferimento precisa ser lavado com água corrente até que todo o sangue seja removido. Depois a região deve ser lavada com sabão neutro, esfregando delicadamente a região. Se o ferimento for muito profundo, lave apenas com água, cubra com um pano e encaminha a pessoa ferida para o atendimento médico. No caso de cortes, é importante pressionar um pano limpo e seco, como um toalha, sobre a região atingida até que o sangue pare de correr.

Aprenda a fazer um curativo em casa

Aprenda a fazer um curativo em casa

Curativo Simples

O curativo simples só serve para cortes e ferimentos bem superficiais, como arranhões causados por quedas, por exemplo. Para que você entenda o procedimento, explicaremos passo a passo:

  1. Depois de limpar a região com água e sabão, umedeça uma gaze com soro fisiológico e limpe o ferimento até que a gaze saia limpa, ou seja, sem manchas. Na falta do soro, água fervida pode ser usada para limpar o local;
  2. Em seguida, passe uma gaze seca sobre o local para tirar qualquer resíduo de soro fisiológico que tenha ficado após a limpeza;
  3. A cobertura do ferimento deve ser feita com uma ou mais gazes, conforme o tamanho da lesão;
  4. Após cobrir a ferida com a gaze, passe uma atadura em volta para segurar a gaze no local. Se o corte for em uma parte difícil de enrolar, como as costas ou abdômen, use somente gaze e esparadrapo para cobrir;
  5. Finalize com esparadrapo para aderir juntar as partes da atadura ou aderir a gaze;
  6. O curativo deve ser trocado pelo menos uma vez ao dia.

Cobrir ou Não Cobrir a Ferida?

Você já deve ter ouvido falar que cobrir o ferimento não ajuda na cicatrização. Esse “mito” já foi desvendado por estudos, que comprovaram que cortes e machucados cobertos com curativo cicatrizam até 4 vezes mais rápido que as feridas abertas. O uso de antissépticos não é recomendado, porque a aplicação constante pode agredir as células expostas pelo ferimento. Com o curativo bem fechado e limpo, como explicamos acima, essas substâncias se tornam dispensáveis.

Relacionados

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *