O que é Catarata?

O assunto de hoje é uma grande preocupação para várias pessoas idosas: a catarata. A doença atinge quase metade das pessoas com mais de 65 anos. Os pesquisadores estimam que mais de 160 milhões de indivíduos sofrem hoje com a doença em todo o mundo. A catarata é tida como a principal causa evitável para cegueira, por isso, é fundamental conhecer bem o problema e procurar ajuda quando aparecerem os primeiros sintomas.

Entendendo a Catarata

O nosso olho tem uma espécie de lente natural, chamada de cristalino. A catarata é uma lesão que atinge o globo ocular o torno o cristalino opaco, fazendo com que a vista fique parecendo embaçada. A pessoa que sofre com a catarata enxerga as coisas como se estivessem enevoadas. A doença recebeu esse nome em referência à água da cachoeira, que se torna esbranquiçada com a queda.

Observe a diferença entre a visão com e sem catarata

Observe a diferença entre a visão com e sem catarata

Sintomas da Doença

O principal sintoma da doença é a alteração da visão. Com a opacidade do cristalino, os raios de luz não chegam plenamente à retina. Assim, os receptores fotossensíveis não recebem luz para gerar uma imagem nítida. O resultado é a sensação de visão embaçada, que pode piorar com o passar do tempo. Quando a catarata não é tratada, a pessoa pode enxergar apenas vultos ou ficar cega.

Causas da Catarata

Existem raros casos de catarata congênita, ou seja, de crianças que já nascem com a doença. Normalmente, esse tipo de problema ocorre quando a mãe tem rubéola ou toxoplasmose durante o gravidez. A forma mais comum de catarata, no entanto, é causada pelo envelhecimento natural do globo ocular, o que explica a alta incidência em pessoas da terceira idade. A catarata ainda pode ser ocasionada por outros fatores como:

  • diabetes;
  • uso de colírios, principalmente os feitos à base de corticoides, sem indicação médica;
  • inflamações no globo ocular;
  • traumas como pancadas fortes na região dos olhos.

Como É Feito o Diagnóstico?

Ao notar qualquer alteração na visão, é fundamental procurar um oftalmologista para que seja feito o diagnóstico correto do problema. No caso da catarata, somente o profissional poderá verificar se há alguma lesão no cristalino por meio de exames minuciosos. A partir dessa observação, ele poderá indicar o procedimento cirúrgico para tratar o problema.

Cirurgia de Catarata

Felizmente, a catarata tem cura. Por meio do procedimento cirúrgico, é possível trocar o cristalino por uma lente artificial com a mesma função. Essa operação é recomendada quando a catarata intervém no dia a dia da pessoa. A cirurgia é muito simples, rápida e precisa apenas de anestesia local. Os métodos de incisão e retirada do cristalino podem variar, mas, de um modo geral, o procedimento é feito sem grandes riscos ao paciente. Assim como toda cirurgia, a troca do cristalino requer uma série de cuidados pós-operatórios para garantir os bons resultados da intervenção. Seguindo as orientações de um bom médico, você não terá problema após a operação.

Dicas:

  • Não faça uso de colírios sem a recomendação específica de um médico e siga as instruções de uso por ele receitadas;
  • Se você passar por algum tipo de trauma na região do olho, como levar um soco, por exemplo, é preciso procurar um oftalmologista;
  • É comum que a pessoa vá se acostumando com a perda gradual da visão. Por isso, um médico deve ser procurado a qualquer observação de alteração.

Relacionados

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *