As doenças mais comuns nos idosos

Chegar à terceira idade é sempre bom. Chegar com saúde, então, é muito melhor. Mas não é o que revela dados estatísticos sobre a terceira idade. Isso porque 3 em cada 4 idosos têm alguma doença crônica, foi o que informou o IBGE . A diabetes mellitus e a hipertensão arterial costumam estar entre os principais itens desta lista.

O idoso precisa fazer a prevenção de sua saúde. Ter uma alimentação saudável e se possível fazer caminhadas. Estas duas atitudes ajudam em um envelhecimento mais saudável e ainda pode prevenir o aparecimento de doenças.

Doenças comuns nos idosos

Listamos algumas doenças que se manifestam na grande maioria dos idosos. O infarto está na lista e poderia ser evitado se o idoso tiver uma alimentação saudável e praticar os exercícios físicos. A hipertensão mesmo não sendo uma doença crônica presente apenas nos idosos, porque muitos jovens também a têm, está presente em 65% dos idosos.

A doença de Parkinson apresenta aumento gradual de tremores e também está presente na terceira idade. O mal de Alzheimer também é uma doença que costuma assustar os familiares. Ela é caracterizada pela perda das habilidades de pensar, raciocinar, memorizar.

A pneumonia também é comum na terceira idade. Mas poderia ser evitada se o idoso fizesse a vacina contra a gripe que previne complicações que podem levar a doença. Outras doenças são a enfisema pulmonar, doença pulmonar obstrutiva crônica e ainda diabetes mellitus. O número de idosos com diabetes está crescendo consideravelmente. Aqui, a atividade física é ideal, já que costuma se manifestar em pessoas obesas e acima dos 40 anos.

download

É necessário consultar ao médico em relação a qualquer sintoma

O AVC, acidente vascular cerebral é muito comum nos idosos. Ele ocorre em decorrência da diabetes, hipertensão, tabagismo. O que também prejudica a saúde do idoso é a perda da visão e audição, o que acaba comprometendo a autonomia do idoso.  A osteoporose é uma doença silenciosa dos ossos e pouco sintomática. Acredita-se que 10% da população brasileira sofra do problema. E quando avança ela pode comprometer a saúde dos ossos, o que interfere na autonomia do idoso. O câncer também não fica de fora da lista. Os fatores para a doença podem ser diversos como o tabagismo, alimentação inadequada, obesidade, casos na família, alcoolismo, entre outros.

Há idosos que apresentam também a Osteartrose que são dores nas juntas de sustentação. Há ainda outras doenças que tem estado na lista, mas estas são as mais comuns nos idosos.

Como prevenir?

É interessante observar que praticamente muitas doenças estão interligadas, ou seja, pode começar com um problema, que se não tratado evolui para um quadro que merece atenção e quando não há a sua prevenção a doença surge e em muitos casos já é tarde.

Com apenas três ações que deveriam ser tomadas desde a juventude, muitas destas doenças podem ser prevenidas: alimentação saudável, exercícios físicos e consulta ao médico regularmente. Claro que existe questões genéticas, mas em todos os casos como informado no início do texto, uma alimentação saudável pode prevenir doenças.

E tudo inicia na juventude, quando os hábitos alimentares são formados. Quando se chega à terceira idade querer mudar estes hábitos é mais difícil, não que seja impossível, nunca é tarde. Controlar o peso também é importante, evitar o tabagismo e álcool em excesso são atitudes que previnem uma série de doenças.

Por isso, muita atenção para os hábitos do cotidiano. Eles vão refletir no seu futuro. E os idosos que apresentam algumas destas doenças, sempre que tiver sintomas devem consultar os médicos. Há doenças que podem ser curadas no início com tratamento e assim melhorar a qualidade de vida do idoso.

Relacionados

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *