Aposentadoria por idade: Como funciona a regra 85/95 e 90/100?

O que aflige muitas pessoas quando chegam à terceira idade é a questão da aposentadoria. Nem todos entendem como a aposentadoria funciona e com quantos anos se pode aposentar. É fato que a constituinte está sempre tentando reverter à idade de aposentadoria o que a principio com o passar dos anos pode ir sempre aumentando.

A fórmula mais conhecida e que foi sancionada ano passado pelo governo é a 85/95. Existem outras formas, mas vamos falar sobre essa. Lembrando sempre que se aposentar vai depender de muitos casos, ainda mais quando o trabalhador quer receber o valor integral do salário. Nestes casos é sempre bom conversar com um advogado para ele orientar sobre qual o melhor caminho.

Como funciona a fórmula de aposentadoria de 85/95?

Os trabalhadores que se adequarem a essa aposentadoria podem se aposentar com o valor do salário integral. Aqui é levada em conta a soma da idade, mais contribuição ao INSS. Desta forma, 85 é para mulheres, e 95 para homens. Por exemplo, se uma mulher tem 60 anos e o seu tempo de contribuição é de 25, somando dá 85, assim ela já pode se aposentar.

Mas vamos deixar claro que isso vai depender muito de cada caso, e o advogado é o melhor profissional para explicar quando uma pessoa pode se aposentar ou quais casos são válidos trabalhar mais alguns anos para garantir um melhor salário.

Como funciona a aposentadoria por idade?

Em relação à fórmula 85/95, ela não vai se estender por muito tempo. Até porque a constituinte sabe que os idosos estão vivendo mais e a conta do INSS pode não fechar mais daqui alguns uns anos. Por isso, estes números vão aumentar. Até 2027 a fórmula será de 90/100. Confira a relação abaixo:

2015 a 2018: 85 para mulheres / 95 para homens;
2019 a 2020: 86 (mulheres) / 96 (homens);
2021 a 2022: 87 (mulheres) / 97 (homens);
2023 a 2024: 88 (mulheres) / 98 (homens);
2025 a 2026: 89 (mulheres) / 99 (homens);
2027: 90 (mulheres) / 100 (homens).

A aposentadoria por idade rural já é diferente.  Homens podem se aposentar com 60 anos e mulheres com 55. Mas nestes casos, é preciso apresentar o bloco rural que prova ao INSS a sua contribuição.

Toda essa reformulação que deve ser feita constantemente é vista de acordo com a perspectiva de o aposentado viver mais e também para Previdência Social conseguir garantir acesso à aposentadoria ao trabalhador brasileiro.

Estima-se que o deficit nas contas previdenciárias poderia atingir R$ 100 bilhões até 2026. São gastos altos. E não é somente o Brasil que está revendo seu sistema previdenciário. É preciso pensar em alternativas para previdência. Os cálculos antes eram levados em consideração porque as pessoas não viviam tanto tempo. Aposentavam-se e morriam. Hoje não. Aposentam-se e tem uma expectativa de vida maior.

Isso é bom, mas é preciso levar em conta como os idosos estão tendo a sua qualidade de vida. Não basta viver mais se está vivendo com dificuldades. Aposentadoria é um direito para o trabalhador que contribui de forma correta, mas uma dica é não contar apenas com a aposentadoria e pensar em formas de complementar a renda do aposentado. Já falamos em outro post em alternativas como a previdência privada que pode se iniciar com 20 anos e contribuindo mensalmente o que ao longo do tempo aumenta devido aos juros.

Se você está prestes a se aposentar, converse com o seu advogado e veja como funciona o seu caso!

Relacionados

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *