Quando é hora de internar o idoso numa casa de repouso?

Muitas vezes, a internação dos idosos em asilos é vista como forma de crueldade. No entanto, existem situações em que os cuidados constantes exigem que essa decisão seja tomada por parte dos familiares. A questão é escolher bem a instituição que receberá a pessoa. Além disso, é fundamental que essa escolha não seja feita apenas para se livrar dos cuidados com os mais velhos.

Um primeiro ponto a ser lembrado é que os idosos costumam se sentir melhor em casa. O problema é que nem sempre existem pessoas qualificadas para atender às demandas especiais de quem chega a idades mais avançadas, principalmente quando ocorrem doenças debilitantes. Em muitos casos, a internação em uma casa de repouso é a opção mais em conta para garantir ao idoso acompanhamento diário.

Quando é hora de internar?

A decisão pela internação deve sempre ser tomada com muita cautela pelos familiares. Sempre que possível, também é importante ouvir a opinião do próprio idoso. Algumas questões devem ser observadas como:

Cuidados essenciais com os idosos devem ser tomados

Cuidados essenciais com os idosos devem ser tomados

  • O idoso requer acompanhamento profissional constante?
  • Existem pessoas em casa para cuidar do idoso durante o dia?
  • Qual é o nível de debilidade do idoso?
  • Os familiares são atenciosos e carinhosos?
  • A instituição poderá oferecer melhores condições de cuidado?

Analisar todas essas perguntas é o melhor para quem está na dúvida. Ainda assim, é possível ter em casa um ou mais cuidadores contratados, sem retirar o idoso de seu espaço habitual.

Quanto custa a internação?

Os custos da internação vão depender da instituição escolhida. Nem sempre o maior preço é sinônimo de qualidade, mas a família deve observar quais são os serviços e atendimentos incluídos, bem como a estrutura física do local. Os custos ficam entre R$ 3 mil e R$ 8 mil por mês, podendo ser maiores em algumas instituições especiais. Esses valores incluem medicação e acompanhamento profissional (fisioterapia, psicólogos e outros). Em comparação com os custos de um cuidador, a internação em caso de repouso tende a ser mais barata.

Cuidados

A tristeza pela mudança pode ocorrer. Por isso, é fundamental que a instituição tenha profissionais especializados no acompanhamento terapêutico do idoso nessa fase de transição. O convívio com outros idosos é essencial, principalmente se ocorrer em atividades prazerosas e lúdicas. A casa de repouso não pode, de forma alguma, funcionar como um “depósito de pessoas mais velhas” onde elas são abandonadas para morrer. Vários cuidados são fundamentais para que essa etapa da vida seja também agradável.

Relacionados

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *