Quanto custa manter um cuidador de idosos? E um enfermeiro?

Quem convive com um idoso sabe que nem sempre é fácil, pois exige muitos cuidados, quase como uma criança. Até mesmo os idosos saudáveis precisam de cuidados quase que em tempo integral, e quando fica doente os cuidados redobram e nem sempre a família sozinha consegue cuidar, ainda mais se todos trabalham fora.

Nessas horas um cuidador de idosos ou um enfermeiro pode ajudar e muito. Um cuidador é capacitado para cuidar de idosos em tempo integral, ajudando com os banhos, caso precise, levando ao banheiro para as suas necessidades fisiológicas, trocando fraldas, quando for necessário, dando remédios na hora certa, oferecendo comida e até colocando na boca quando o idoso já não consegue comer sozinho e, acima de tudo, os cuidadores são capacitados para ter paciência e carinho com os mais velhos, que muitas das vezes precisam também de atenção.

São muitos os casos de idosos saudáveis, que têm cuidadores, porque a família precisa sair de casa para trabalhar ou ir a outros compromissos. O cuidador serve mesmo como um ombro ou um ouvido amigo, oferecendo abraços e uma boa conversa.

Quais são os custos?

Bom, se você pretende contratar um cuidador de idosos ou um enfermeiro, precisa avaliar os custos, para saber se cabe em seu orçamento. Dependendo do emprego e do salário que a pessoa ganha, muitas vezes não compensa manter um cuidador, sendo melhor largar o emprego para cuidar da mãe, pai, avô ou avó.

Essa classe de trabalhadores não tem um piso salarial definido, pois ainda não é considerada uma classe profissional, mas uma função. Por isso, não tem sindicatos ou pisos salariais. Enquanto isso, são classificados como trabalhadores domésticos, devendo receber pelo menos um salário mínimo, além de refeição, transporte, décimo-terceiro, férias, aposentadoria, seguro-desemprego, etc.

Saiba quanto custa manter um cuidador de idosos em casa

Para manter um cuidador na sua casa em horário comercial (8:00 às 18:00), ou na modalidade 12 por 36 (trabalha 12 horas seguidas e descansa 36), você terá que arcar pelo menos com um salário mínimo vigente, como foi dito acima. Mas a média salarial da classe está em torno de R$ 1.200,00, segundo um site de empregos.

Para colocar o idoso em uma casa de repouso, provavelmente o valor cobrado será maior, já que nessas casas o salário médio dos cuidadores gira em torno de R$ 2.000,00 a R$ 3.000,00 em casas mais sofisticadas, e em torno de R$ 1.500,00 nas casas menores e mais simples.

Os enfermeiros que cuidam de idosos em casa são também considerados trabalhadores domésticos, por isso o salário médio é praticamente o mesmo que dos cuidadores. A vantagem é que enfermeiros têm mais habilidades relacionadas ás doenças e mais noções de primeiros socorros. E, se, o idoso precisa tomar algum medicamento através de injeção, o enfermeiro está capacitado para isso. Porém, como o curso técnico de enfermagem normalmente é mais caro e mais demorado que o curso de cuidador de idosos, e como o enfermeiro tem funções que o cuidador não tem, ele pode cobrar mais caro. Então, se você pretende contratar um enfermeiro, provavelmente vai pagar um pouco mais caro.

Dica: Pesquise bem antes de contratar alguém, peça indicações e, se possível, encontre uma pessoa conhecida. É preciso ficar atento ao tratamento que o idoso terá, principalmente se estiver acamado. E evite ficar trocando de cuidador, pois os idosos costumam se apegar aos seus cuidadores, e podem ficar constrangidos com a troca contínua de pessoas para lhe cuidar.

Relacionados

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *