Terceira Idade ou Melhor Idade: Qual o melhor termo?

A evolução da vida com certeza é um dos grandes mistérios da nossa sociedade. São diversas as classificações que podem ser adotadas para nomear o passar dos anos na vida de um indivíduo, mas aqui adotaremos a mais simples: Infância, Fase Adulta e Terceira Idade.

Vamos conversar sobre a Terceira Idade, afinal, ainda existem muitos mistérios e receios a respeito da velhice. Será que nossa sociedade está preparada para lidar com os desafios desse envelhecimento? Como estamos nos preparando para o aumento do número de idosos?

A Terceira Idade

O IBGE aponta que a população brasileira com mais de 60 anos, em 2015, representava cerca de 14,3% da população total do país. Um aumento no número de indivíduos que chamou muito a atenção de estudiosos e especialistas. Outra informação interessante que podemos retirar desses dados, é que a taxa de ocupação entre pessoas com mais de 60 anos, caiu durante a crise atual.

Hoje, apenas cerca de 26,3% dessa população mantém ocupação com alguma atividade remunerada, tendo os idosos de 60 a 64 anos uma maior representatividade nessa porcentagem.

Muito se discute se estamos preparados para lidar com o aumento do números de indivíduos nessa faixa etária e, consequentemente, com o envelhecimento da nossa sociedade. Uma realidade já vivida em diversos países europeus que agora da sinais de se aproximar, também, dos países em desenvolvimento.

Alguns pontos importantes:

Já existe discussões a respeito da acessibilidade das cidades brasileiras, desde barras de apoio em banheiros públicos, passeios com pisos e inclinações adequadas, até uma sinalização melhor adaptada e uma atendimento específico em centros de grande circulação de pessoas. O próprio atendimento médico já demonstra sinais de preocupação.

Além dos desafios já enfrentados na rede pública para se conseguir um atendimento especializados no SUS, existe uma previsão de que não formaremos profissionais qualificados, em quantidade suficiente, a tempo de atender a demanda dessa crescente população. Fato esse que pode ser responsável por agravar o atendimento de nossos idosos na rede pública e elevar os preços na rede privada, prejudicando ainda mais a situação atual.

terceiraidade

Terceira Idade ou Melhor Idade?

Como nem tudo é problema, também podemos identificar uma mudança de perfil na população com mais idade. Apesar dos +60, essas pessoas estão cada vez mais antenadas à saúde, levando uma vida mais ativa e com alimentação mais saudável, o que melhora a qualidade de vida dessas pessoas. Existe também uma previsão de que com a recuperação da economia brasileira novos postos de trabalho sejam ocupados por idosos, tornando essa parcela da população cada vez mais ativa, economicamente falando.

É possível perceber um movimento de grandes empresas já se adaptando à essa realidade e oferecendo vagas exclusivas para essa faixa etária. Outro reflexo do envelhecimento de nossa população é o aumento na procura por cursos de cuidadores de idosos, uma área de trabalho bem remunerada e com grande procura no mercado.

Terceira Idade ou Melhor Idade: Qual usar?

Dado esse panorama sobre o assunto fica a pergunta: Seria essa a terceira ou melhor idade? É claro que o ideal é perguntar a opinião do idoso com o qual você convive, entretanto, basta uma pesquisa rápida e algumas conversas para perceber que a qualidade de vida dessa população está cada dia melhor. Envelhecer não significa ficar velho, pelo contrário, ao chegar na terceira idade é quando as pessoas têm mais tempo e oportunidades para aproveitar a vida.

Hoje, aposentar muitas vezes significa ganhar tempo para viver o que a vida tem de melhor à oferecer. Por isso, podemos dizer que o ideal é usar o termo Melhor Idade e aproveitar ao máximo a companhia dos nossos pais e avós. Afinal, temos muito o que aprender com cada um deles.

É claro que existe uma infinidade de dificuldades decorrentes da idade. Em alguns casos, o idoso que teve a sorte de se aposentar acaba por ser o pilar financeiro da família e recai sobre ele responsabilidades que não deveriam ser preocupação nesta fase da vida. Ainda assim, temos certeza que muito pode ser aproveitado na melhor idade.

Relacionados

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *